TXT2TAGS

Ago, 2010



NOME

txt2tags - ferramenta para formatar e converter textos

SINOPSE

txt2tags [opções] [ARQUIVO...]

DESCRIÇÃO

O txt2tags lê um arquivo texto com poucas marcações e o converte para: ASCII Art, AsciiDoc, Creole, DocBook, DokuWiki, Google Code Wiki, HTML, LaTeX, Lout, MagicPoint, Man page, MoinMoin, PageMaker, Plain Text, PmWiki, SGML, Wikipedia e XHTML.

Esta página de manual foi criada pelo txt2tags a partir de um arquivo de texto. Este mesmo arquivo de texto também é convertido para HTML e colocado no site do programa para consulta.

UM arquivo fonte, VÁRIOS destinos - http://txt2tags.org

SINTAXE

  Cabeçalhos          As 3 primeiras linhas do arquivo fonte
  Título              = palavras =
  Título numerado     + palavras +
  Comentário          % comentários
  Linha de separação  -----------------------...
  Linha destacada     =======================...
  Imagem              [arquivo.jpg]
  Link                [nome url]
  
  Negrito             **palavras**
  Itálico             //palavras//
  Sublinhado          __palavras__
  Riscado             --palavras--
  Monoespaçado        ``palavras``
  Texto protegido     ""palavras""
  Texto com tags      ''palavras''
  
  Parágrafo           palavras
  Citação             <TAB>palavras
  Lista               - palavras
  Lista numerada      + palavras
  Lista de definição  : palavras
  Tabela              | cel1 | cel2 | cel3...
  
  Linha formatada     ``` palavras
  Linha protegida     """ palavras
  Linha com tags      ''' palavras
  
  Área formatada      ```
                      linhas
                      ```
  Área protegida      """
                      linhas
                      """
  Área com tags       '''
                      linhas
                      '''

OPÇÕES

--art-chars=STRING
Define STRING como a lista de caracteres usados para fazer os enfeites do ASCII Art, nesta ordem: canto, borda, lado, linha1, linha2, nível2, nível3, nível4, nível5. O valor padrão da string é +-|-==-^". Esta opção é utilizada somente pelo formato ASCII Art.

-C, --config-file=ARQUIVO
Lê a configuração a partir do arquivo externo ARQUIVO. A configuração deve estar no formato %!nome:valor. Veja o tópico CONFIGURAÇÕES para mais detalhes.

--css-sugar
Prepara o código HTML/XHTML para ser usado com arquivos CSS. Os atributos das tags são removidos, tags de formatação são evitadas, o cabeçalho é composto pelas tags H1, H2 e H3, novos DIVs são criados: #header, #body, .toc.

--css-inside
Insere o conteúdo do arquivo CSS no cabeçalho do documento HTML/XHTML. Use --style para indicar o arquivo CSS a ser lido.

--dump-config
Exibe todas as configurações encontradas e sai.

--dump-source
Exibe os fontes do documento, com os arquivos incluídos (%!include) expandidos.

--encoding=CÓDIGO
Informa a codificação usada no arquivo fonte. Alguns exemplos são UTF-8 e iso-8859-1. A codificação não é alterada durante a conversão, então o arquivo de destino terá a mesma codificação do arquivo fonte.

--gui
Carrega a interface gráfica (Tk).

-h, --help
Exibe o texto de ajuda e sai.

-H, --no-headers
Suprime os cabeçalhos e o rodapé do documento. Apenas o Corpo do documento será mostrado.

--headers
Exibe os cabeçalhos e o rodapé no documento. Esta opção é usada por padrão.

--height=N
Define a altura da saída para N linhas. Esta opção é utilizada somente pelo formato ASCII Art, quando também utilizada a opção --slides.

-i, --infile=ARQUIVO
Define ARQUIVO como arquivo fonte. Use '-' para ler os dados de STDIN.

--mask-email
Esconde os e-mails dos robôs de SPAM. Os pontos e o @ são removidos. O endereço foo@bar.com vira <foo (a) bar com>.

-n, --enum-title
Enumera todos os títulos automaticamente, nos formatos 1, 1.1, 1.1.1, ...

--no-dump-config
Cancela a ação --dump-config.

--no-dump-source
Cancela a ação --dump-source.

--no-encoding
Remove a configuração de codificação.

--no-enum-title
Desativa a numeração automática de títulos.

--no-infile
Remove as definições anteriores do arquivo fonte.

--no-targets
Cancela a ação --targets.

--no-mask-email
Desativa o disfarce de emails.

--no-outfile
Remove as definições anteriores sobre o arquivo de destino.

--no-quiet
Mostras as mensagens, desativando a opção --quiet.

--no-rc
Não lê o arquivo configuração do usuário em ~/.txt2tagsrc.

--no-slides
Desliga os slides.

--no-style
Remove todas as configurações de estilo.

--no-toc
Remove o Sumário automático.

--no-toc-only
Desativa a opção --toc-only.

-o, --outfile=ARQUIVO
Define ARQUIVO como arquivo de destino. Use '-' para mandar o resultado para STDOUT.

-q, --quiet
Modo silencioso, não mostra nada na saída, exceto os erros.

--rc
Lê a configuração do usuário em ~/.txt2tagsrc. Esta opção é usada por padrão.

--slides
Formata a saída como uma apresentação de slides. Esta opção é utilizada somente pelo formato ASCII Art.

--style=ARQUIVO
Utiliza ARQUIVO como estilo do documento. É usado para incluir arquivos CSS em documentos HTML, e pacotes para o LaTeX. Esta opção pode ser usada mais de uma vez caso você precise incluir dois ou mais arquivos.

-t, --target=FORMATO
Define o formato do documento de destino. Alguns formatos populares são: html, xhtml, tex, man, txt. Use a opção --targets para ver a lista completa com todos os formatos disponíveis.

--targets
Mostra a lista completa de todos os formatos disponíveis e sai.

--toc
Inclui um Sumário automático (Table of Contents) no documento de destino, entre o cabeçalho e o corpo. Você também pode indicar onde o Sumário deve ser colocado, usando a macro %%TOC.

--toc-level=N
Define o nível máximo (profundidade) do Sumário para N. Os títulos abaixo do nível N não serão incluídos no Sumário.

--toc-only
Exibe o Sumário do documento e sai.

-v, --verbose
Exibe mensagens informativas durante a conversão. Utilize-a duas ou mais vezes na linha de comando para aumentar o número de mensagens a serem mostradas.

-V, --version
Exibe a versão do programa e sai.

--width=N
Define a largura da saída para N colunas. Esta opção é utilizada somente pelo formato ASCII Art.

ARQUIVO FONTE

Um arquivo fonte do txt2tags geralmente usa a extensão .t2t, como por exemplo: trabalho.t2t. Você pode ter três áreas distintas em seus fontes:

Cabeçalho
As primeiras três linhas. São usadas para identificação do documento, como título, autor, versão e data. Se você não quiser usar cabeçalhos, deixe a primeira linha em branco.

Configuração
Inicia logo após o cabeçalho (4ª ou 2ª linha) e termina quando o Corpo se inicia. Esta área é usada para configurações no formato %!nome:valor.

Corpo
Começa na primeira linha de texto (que não seja um comentário ou uma configuração) logo após o cabeçalho e vai até o fim do documento. É usada para guardar o conteúdo do documento.

CONFIGURAÇÕES

Você pode personalizar o txt2tags usando configurações. Elas são parecidas com as opções de linha de comando e podem ser usadas nos seguintes locais: na área Configuração do seu arquivo fonte, no arquivo ~/.txt2tagsrc ou ainda em um arquivo externo chamado com a opção --config-file.

%!target
Define o formato de saída, igual faz a opção --target. Exemplo:
  %!target: html

%!options(target)
Define as opções de cada formato. No valor você deve colocar as opções de linha de comando. Exemplo:
  %!options(html): --toc --toc-level 3 --css-sugar

%!includeconf
Lê as configurações a partir de um arquivo externo, igual faz a opção --config-file. Exemplo:
  %!includeconf: minhaconfig.t2t

%!style
Define um arquivo de estilos para o documento, igual faz a opção --style. Pode ser usada várias vezes para definir mais de um arquivo. Exemplo:
  %!style: cores.css

%!encoding
Define a codificação do texto, igual faz a opção --encoding. Exemplo:
  %!encoding: UTF-8

%!preproc
Filtro de entrada (estilo troque "isso" por "aquilo") usado para alterar o Corpo do documento ANTES do txt2tags processá-lo. Você pode usar as expressões regulares do Python. Exemplo:
  %!preproc:  "FSS"  "Fulano da Silva Sauro"

%!postproc
Filtro de saída (estilo troque "isso" por "aquilo") usado para alterar o documento de saída DEPOIS da conversão feita pelo txt2tags. Você pode usar as expressões regulares do Python. Exemplo:
  %!postproc(html):  "<B>"  "<STRONG>"

Se a mesma configuração for usada mais de uma vez, somente a última será utilizada. As exceções são: options, preproc e postproc, que são cumulativas. Configurações com nomes inválidos serão ignoradas. A ordem de processamento é: ~/.txt2tagsrc, área Configuração do arquivo fonte, opção --config-file.

COMANDOS

Os comandos são executados durante a conversão do documento. Eles devem ser colocados dentro do Corpo do arquivo fonte.

%!csv: arquivo.csv
Gera uma tabela a partir de um arquivo externo CSV.

%!include: arquivo.t2t
Inclui um arquivo fonte txt2tags no documento.

%!include: ``arquivo.txt``
Inclui um arquivo texto no documento.

%!include: ''arquivo.html''
Inclui um arquivo pronto no documento, ele não é modificado.

MACROS

As macros são úteis para inserir conteúdos dinâmicos em seu documento, como a data atual, por exemplo. Exceto a %%toc, todas as macros podem ser personalizadas com curingas tipo %Y e %f. Veja o Guia do Usuário para saber mais detalhes.

%%date
Insere a data atual. O formato padrão é %%date(%Y%m%d), que fica AAAAMMDD.

%%infile
Insere o nome do arquivo fonte. O formato padrão é %%infile(%f). Útil para links de rodapé, como [Veja os fontes %%infile].

%%mtime
Insere a data de modificação do arquivo fonte. O formato padrão é %%date(%Y%m%d), que fica AAAAMMDD.

%%outfile
Insere o nome do arquivo de saída. O formato padrão é %%outfile(%f). Útil para mencionar o próprio documento, como em "Este é o arquivo manpage-pt.html".

%%toc
Especifica o lugar onde será colocado o Sumário (Table Of Contents). Você pode utilizá-la em qualquer parte do documento, inclusive mais de uma vez. A opção --toc também deve ser usada para esta que esta macro funcione.

EXEMPLOS

txt2tags -t html arquivo.t2t

Converte para HTML, gravando o resultado em arquivo.html.

txt2tags -t html -o - arquivo.t2t

Converte para HTML, mandando o resultado para STDOUT.

txt2tags -t html --toc arquivo.t2t

Converte para HTML, com Sumário automático (Table Of Contents).

txt2tags -t html --toc --toc-level 2 -n arquivo.t2t

Converte para HTML, com Sumário de dois níveis e títulos numerados.

txt2tags --toc-only arquivo.t2t

Apenas mostra o Sumário, nenhuma conversão é feita.

txt2tags -t html --css-sugar --style base.css --style ui.css arquivo.t2t

Converte para HTML, com código preparado para usar CSS e também inclui dois arquivos CSS externos.

txt2tags -t art --slides --width 80 --height 25 -o - arquivo.t2t | more

Cria uma apresentação de slides em ASCII Art, pronta para ser mostrada em um terminal de tamanho 80x25 (colunas e linhas).

(echo ; echo "**bold**") | txt2tags -t html -H -

Mostra como testar o programa rapidamente usando a STDIN como fonte.

txt2tags -t html -o - arquivo.t2t | tidy > arquivo.html

Manda os resultados para STDOUT e refina o código gerado usando um programa externo (tidy) antes de salvar o arquivo HTML final.

ARQUIVOS

~/.txt2tagsrc
A localização padrão para o arquivo com as configurações do usuário.

AMBIENTE

T2TCONFIG
Se definida, esta variável guarda o caminho completo para o arquivo de configuração do usuário.

AUTOR

Aurélio Marinho Jargas <<verde (a) aurelio net>>

Já trabalharam neste manual José Inácio Coelho <<jic (a) technologist com>> e Mauricio Teixeira <<mteixeira (a) webset net>>.

BUGS

http://bugs.txt2tags.org

COPYRIGHT

Copyright (C) 2001-2017 Aurelio Jargas, GNU GPL v2